Ruídos em sistemas de ar condicionado

Muitas vezes quando ocupamos ambientes climatizados conseguimos sentir ruídos característicos de fundo, originados nos sistemas de ar condicionado. Interessante observar que, mesmo quando os ruídos são imperceptíveis ou quase imperceptíveis, quando deligamos o equipamento de Ar Condicionado, seja em um sistema central ou até mesmo um equipamento individual, temos uma sensação de alívio.

Equipamentos ou Sistemas de Ar Condicionadopodem ser fontes de ruídos em edificações eaté mesmo transmitir para comunidades adjacentes, influenciandono bem-estar dos ocupantes ou residentes de entorno.

Assim, a seleção dos equipamentos mecânicos e a escolha dos locais de instalação devem levar em consideração os possíveis impactos sonoros relacionados.

Destaca-se que não somente os equipamentos de HVAC podem gerar ruídos por si, mas também a passagem de água ou ar por tubulações ou dutos podem provocar ruídos ou vibrações mecânicas que propagam sons nosespaços ocupados. Importante considerar, conforme o Capítulo 49 do 2019 ASHRAE Handbook – HVAC Applications, que ruído é todo aquele som que não é desejado e que pode causar incômodo.

Conforme acima destacado, todos os equipamentos e componentes que compõem os Sistemas de Ar Condicionado podem produzir som em suas operações (como ventiladores, compressores e rotores) mas também pelo fluxo de ar através e ao redor deles (como dutos, difusores, registros e tubulações). Além dos componentes dos Sistemas de Ar Condicionado, as vibrações e o próprio ar, em contato com outros componentes das edificações, também podem gerar som, como piso e paredes, que pode ser ampliado ou atenuado em função dos materiais utilizados e dos níveis possíveis de isolamento.

A imagem a seguir, selecionada do Capítulo 49 do 2019 ASHRAE Handbook – HVAC Applications, demonstra que em um ambiente com Sistema de Ar Condicionado, as fontes de som podem ser muitas. A depender do volume alcançado, os ocupantes passam a perceber como ruído, ou seja, sons não desejados, que impactam em seus bem-estare também no bom desempenho de suas atividades diárias, de trabalho e/ou estudo, entre outras.

Existem diferentes escalas e ferramentas de medição de ruídos. A escala mais utilizada é o DB(a), que pode ser obtida utilizando decibelímetros, como estes da Figura abaixo. A correta medição e análise de ruido é extremamente complexa, e deve ser feita por um profissional especialista no assunto.

Conforme normas brasileiras o nível de ruído aceitável varia em função do tipo de ambiente e do tempo de exposição. Por exemplo, em um espaço fabril os níveis aceitáveis são mais altos e atenuados dentro do possível através de EPIs. Por outro lado, em espaços de lazer, escolas, universidades, hospitais, escritórios, entre outros, as necessidades de controle de ruído são altamente necessárias.

Assim, é muito importante adotar boas práticas de engenharia na instalação de Sistemas de Ar Condicionado, seguindo as normas e diretrizes ABNT, ASHRAE e SMACNA e também os manuais de fabricantes, desde a concepção do projeto e seleção dos equipamento até o final das instalações, incluindo as etapas de comissionamento. Um processo integrado na concepção da obra, envolvendo arquitetos, projetistas, instaladores e, inclusive, consultores de acústica, possibilita uma instalação mais eficiente e adequada, prevenindo interferências e diminuindo inclusive as chances de geração ruídos desconfortáveis aos ocupantes.

As empresas parceiras da SMACNA estão sempre disponíveis para atender a seus clientes com o conhecimento necessário para instalações eficientes e que contribuam com o bem-estar dos ocupantes.

Autores: Ariel Gandelman

Revisão Técnica: Felipe Raats Daud e João Carlos Correa